Pizzani Química Industrial Pizzani Química Industrial
rodape_slider.jpg
rodape_slider.jpg
sp_737blank.jpg

Paratherm GLT

 

Termicamente estável e Baixa Temperatura de Inicialização

Fluido alta temperatura - Paratherm GLT - Termicamente estável e Baixa Temperatura de InicializaçãoO Paratherm GLT é um fluido sintético de transferência de calor com base alcalina aromática que oferece alta estabilidade térmica e maior durabilidade em comparação a outros fluidos sintéticos de caracteristicas similares. O Paratherm GLT foi formulado para ser utilizado em circuitos fechados em fase liquida e livre de manutenção com temperatura máxima de operação de 288° C (550° F) em aquecedores de fogo direto, e até 302° C (575° F) em sistemas de recuperação de calor.

Aplicações Incluem:

• Processamento de gás natural
• Armazenamento de asfalto e petróleo
• Plantas de biodiesel
• Produção de plástico
• Indústria Têxtil


Alta Estabilidade Térmica


O Paratherm GLT apresentou quase 40% menos degradação em comparacao aos fluidos sinteticos similares de competidores quando exposto a temperaturas de ate 316° C (600° F) por 500 horas seguidas. Embora, poucos aquecedores exponham o fluido termico a sua temperatura máxima de pelicula por períodos extensos, este nível de estabilidade termica ajuda assegurar que o sistema opere de maneira adequada mesmo durante problemas operacionais.


Baixa Temperatura de Inicialização

A temperatura de inicializacao é uma medida realista da capacidade de operação de um fluido termico em locais de baixa temperatura. Uma Bomba centrifuga pode suportar no máximo 300 cps de viscosidade e o Paratherm GLT tem a menor temperatura inicial que qualquer fluido térmico sintético que possui caracteristicas similares de temperatura.


Armazenamento do Fluido Térmico

Tambores abertos devem ser armazenados em áreas internas e secas como prevenção para contaminação com água. Caso lacrado, os tambores também podem ser armazenados em áreas externas, contanto que os mesmos sejam colocados em posição horizontal. Os granéis lacrados são a prova de água e podem ser armazenados ao ar livre. Caso o fluido esteja sendo armazenado em local onde a temperatura esteja abaixo da temperatura mínima de bombeamento, armazene o fluido térmico em um local aquecido antes de carregar o sistema.


Troca do Fluido Térmico

Na maioria dos casos, uma troca do fluido térmico envolve uma simples drenagem e recarga do fluido térmico. Existem poucos fluidos que são totalmente incompatíveis com os fluidos Paratherm, porém e importante frisar que quantidades pequenas como 10% a 15% podem afetar o novo fluido Paratherm. Em caso de dúvidas, entre em contato conosco.


Carregando um Novo Sistema

Novos sistemas não têm a necessidade de serem limpos antes da adição do fluido térmico Paratherm, a não ser que seja um requerimento de controle de qualidade. As quantidades de resíduos químicos, óleos e outros resíduos geralmente não são suficientes para afetar a vida útil do fluido térmico Paratherm. E recomendável a instalação de um filtro de no mínimo 60-mesh screen na saída da bomba para coletar qualquer resíduo de metal ou restos de solda. Este filtro pode ser removido depois que o sistema tenha circulado completamente duas vezes em sua temperatura de operação.



Artigos relacionados: